sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Rotina


Pêlos macios, calor e cheiro no rosto
Preguiça, vontade de ficar, obrigação de ir
Um recomeço a cada 24 horas
Um universo de oportunidades a cada giro

Um despertar, um suspiro, um cuidado
O conforto de ter quem se ama ao lado
A paz do sono
A coragem de amanhecer

A andar, a comer, a começar
O nascer de um novo dia
As companhias e os bom dias
Sem motivos e cheios de importância

O trabalho e a decepção, o cansaço
O esforço e o reconhecimento
O orgulho e a evolução
Os frutos

Os sorrisos e a descontração
A ansiedade e a emoção
As surpresas que trazem
Altas doses de coragem

E também os comentários
Por vezes maldosos
Por vezes edificantes
Para ficar alerto, para ficar feliz

O estudo e o sorriso
Conhecimento e entretenimento
Essenciais em qualquer essência
Como um livro e uma bobagem

Um desabafo e uma cerveja
Uma dieta e nada de vícios
Um ir e vir que não sabe bem o rumo
Um rumo para seguir

Um momento e o amor
Uma lágrima, a dor, a fé
A renovação e o nascimento
A paz e o tormento

A razão e os sentimentos
O voltar para o lar
O ouvir uma voz familiar
O receber um abraço

A vontade de Deus, o acaso, a sina
A felicidade e a tristeza
Lado a lado, dia a dia

A conquista e a desilusão
A calma e a paixão
Felicidade presente ou repentina
Novidade é ter rotina.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

2000inove

Com algum tempo de atraso, deixo aqui uma música que reflete o que eu desejo em 2009 pra todos nós.
"Há um menino, há um moleque, morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança ele vem pra me dar a mão
Há um passado no meu presente, o sol bem quente lá no meu quintal
Toda vez que a bruxa me assombra o menino me dá a mão

Ele fala de coisas bonitas que eu acredito que não deixarão de existir
Amizade, palavra, respeito, caráter, bondade, alegria e amor
Pois não posso, não devo, não quero viver
como toda essa gente insiste em viver
Não posso aceitar sossegado qualquer maldade ser coisa normal

Bola de meia, bola de gude, o solidário não quer solidão
Toda vez que a tristeza me alcança o menino me dá a mão
Há um menino, há um moleque morando sempre no meu coração
toda vez que o adulto fraqueja ele vem pra me dar a mão
Há um menino, há um moleque morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança ele vem pra me dar a mão
Há um passado, no meu presente, um Sol bem quente lá no meu quintal
Toda vez que a bruxa me assusta o menino me dá a mão..."

Muito prazer...

Nine, primeiramente quero agradecer ao convite de colaborar com essa joaninha pensante. Em segundo lugar quero deixar registrada aqui toda a minha admiração por você, sua cumplicidade, seu carinho de prima-irmã mais nova de sempre. Ah quero deixar um beijo pra minha parceira aqui que é a Ju, que por sinal tá mais linda do que nunca, será por quê?rsrs
Bjo da Cris

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Ano novo. Vida nova?


Um Ano Novo se inicia e ainda me falta coragem para mudar certas coisas que andam erradas em minha vida. Mas há vontade.

Nesses primeiros dias do ano, passei ao lado de amigos e família.. fazendo praticamente "nada" o dia inteiro. Entre visitas, conversas, lembranças do passado, planos para o futuro, tive a impressão de estar exatamente onde deveria estar. Sensação estranha de que as coisas estão acontecendo nos momentos certos. Algo muito intrínseco a mim. Tanto que fica até difícil explicar.

Tenho andado apática, um pouco descontente comigo mesmo, com minhas atitudes. Tem faltado força para fazer acontecer em minha vida aquela mudança tão desejada. O ano de 2008 teve muitas surpresas e coisas boas, um ano que deixará saudade das amigas que viraram família, das viagens incríveis e dos momentos que particularmente foram inesquecíveis.

Mas o ano de 2009 começa com maiores possibilidades de realizações, com vários projetos, mas me falta algo, que creio que seja fé. Fé para acreditar que eu sou capaz de realizar tudo aquilo que tenho vontade, mesmo que as pessoas que mais amo não estejam do meu lado.